Ele escolheu acabar com a arte

Depois de uma belo espetáculo de rua, onde ela cantava e um par dançava.

Este polícia decidiu acabar com a arte que se estava a viver no momento.

Com tanta coisa para embirrar, ele escolheu a arte.

Trocou o sublime pelo grotesco.

Se tinha razão? Não sei, mas não tinha que ser assim.

Foi pena, estava a ser tão bonito.

 

Um dia lindo numa praça maravilhosa.

Piazza Navona, Roma, Itália

 

Créditos da fotografia: Maria Amélia®

 

Podes gostar de ler:

Os corações não têm tamanho

 

Já me segues no Facebook e no Instagram? ♥

6 Replies to “Ele escolheu acabar com a arte”

  1. Que tristeza. Implicar logo com a arte. 🙁

    1. É verdade.. foi tão desnecessário… 🙁

  2. Que lindo! Não implicar com a arte, claro mas, eu gostaria tanto de ter a arte mais próxima de mim sabe.
    Adorei de verdade!
    Beijão!

    1. Obrigada querida Isabella! <3

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Coisas FABULOSAS acontecem a quem subscreve esta newsletter!
Maria Amélia ícone
error: Conteúdo protegido!!
%d bloggers like this: