Dietas… modas… afinal o que se passa?

Já falei algumas vezes aqui no blogue que faço algumas escolhas totalmente conscientes, acompanhadas e acima de tudo, não sou refém de “dietas ou alimentos da moda”.

Gosto de “meter para dentro” coisas boas, prefiro alimentos que sirvam de combustível bom ao meu organismo ao invés de me envenenar.

Mas estou longe de ser fundamentalista.

Gosto de equilíbrios!

Tenho nutricionista.

Tenho naturopata.

Elas estão sempre em desacordo absoluto, mas eu gosto de ouvir várias opiniões.

Não concordo com nenhuma a 100%.

Tenho médicos de outras especialidades com quem falo sobre nutrição.

Leio imenso sobre este tema.

Faço análises regularmente.

E tenho acima de tudo… bom senso!

Não embarco em “porque sin’s” e “porque todos o fazem”.

Acho que já nem tenho idade para isso!

Recebi no outro dia um email, que me levou a escrever este texto.

E tenho que explicar que, todas as informações que partilho nesta rúbrica EAT CLEAN, são produtos que EU consumo, que a MIM fazem efeitos positivos, que são do MEU gosto, e que ME sinto em consciência por os consumir.

E limito-me a partilhar as informações que recolhi sobre os mesmos produtos, quer com a nutricionista, naturopata ou livros, não faço uma googlada e pumba, está feito.

Sei que este tema, é talvez dos mais controversos que se pode encontrar na internet, por isso, tento não andar por lá a procurar informações.

Não sou dona de verdades ou de certezas absolutas, mas gosto de partilhar aquilo que sei e que pode ajudar alguém desse lado.

Quem achar essas informações úteis… nice!

Quem não achar boa ideia consumir óleo de coco, então não consuma… bale?

Não sou de modas e nunca leram por aqui contradições…

Mas também acho que as pessoas são livres de aderir às dietas da moda, desde que queiram e que saibam o que fazem.

Eu sou pela liberdade, cada um faz o que quer com o seu corpo e mente.

Assim como eu!

Brevemente sairá do forno mais uma dicazinha saudável para partilhar convosco!

 

Créditos Fotografia: Adrianna Calvo

4 Replies to “Dietas… modas… afinal o que se passa?”

  1. É tão fundamental essa consciência de ouvir mais de uma voz e não cair nas ideologias de “padrões” tão absurdos a serem seguidos. Cada um tem as suas particularidades que fazem com que a frase “toda regra tem uma exceção” ganhe jus. Então a melhor coisa é procurar um profissional, ou melhor, mais de um e não esquecer do que a própria intuição e opinião aponta, para que possamos questionar, melhorar e buscar o que nos faz melhor. Melhor dentro do que somos e não do que nos impõem. Delícia de ler essas suas palavras!

    http://WWW.SEMQUASES.COM

    1. Obrigada pelo carinho querida Vanessa <3

  2. O equilibrio é o toque fundamental!

    1. Sim! É mesmo o truque ?

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Coisas FABULOSAS acontecem a quem subscreve esta newsletter!
Maria Amélia ícone
error: Conteúdo protegido!!
%d bloggers like this: