Tim Vieira | Por que às vezes o menos é mais?

Por que às vezes o menos é mais?

Passamos os dias a pensar em mais e mais! Pensamos naquilo que vamos ter, no que queremos fazer, no melhor para nós… Com o passar dos anos e com a experiência adquirida, começo a pensar e a ver as coisas de forma diferente. Começo a pensar que, afinal, menos às vezes é mais.

E sabe porquê? Passo a explicar ponto por ponto:

Menos complicações, mais tempo

Somos ávidos a complicar as nossas vidas. Por exemplo, entramos em projetos em que, às vezes, não precisávamos de entrar. Se não complicarmos, teremos mais tempo para nós e para o que realmente interessa.

Menos prestações, mais anos de vida

Devemos comprar menos coisas. Não ter um carro ou casa para pagar! Muitas pessoas estão a viver para pagar os bens que vão adquirindo e isso tira-lhes anos de vida. Se tivermos menos prestações, adquirimos bens mais em conta e conseguimos ter mais dinheiro disponível para fazermos o que realmente vale a pena. Devemos, portanto, comprar o que é mesmo necessário e não tudo o que achamos que é preciso. Lembre-se que todos os carros têm quatro pneus e chegam ao mesmo sítio.

Menos conflitos, mais amigos

Às vezes entramos em conflito por tudo e por nada. Se conseguimos ser menos conflituosos, teremos mais amigos. É importante não esquecer esta premissa e questionar-se: vale mesmo a pena entrar num conflito sobre assuntos insignificantes, quando há outras coisas muito mais importantes no mundo para darmos valor?

Menos media, mais otimismo

Cada vez vemos mais noticiários. Se reduzirmos o tempo que damos aos media, conseguiremos ser mais otimistas. Os media gostam de mostrar o que é negativo, o que despoleta o medo, o que aterroriza… Quanto mais tempo despendermos com este tipo de notícias, menos otimistas tenderemos a ser. Vejamos então menos media para sermos mais otimistas.

Menos stress, mais qualidade de vida

Devemos controlar o stress para termos uma vida mais saudável e de qualidade. Um dia iremos querer viver para os que mais amamos – os nossos filhos e os nossos netos -, pelo que temos de ter menos stress agora para garantir uma maior qualidade de vida no futuro.

 

O segredo para termos muito menos problemas e muito menos stress é termos mais amor para dar. O amor é um sentimento infinito. Quando mais amor dermos, mais amor receberemos. Afinal, o que todos queremos é: “happiness”.

 

Tim Vieira

Siga-me no Facebook e também no Twitter: @TimVieiraShark.

 

Veja também:

Tim’s Viewpoint

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Coisas FABULOSAS acontecem a quem subscreve esta newsletter!
Maria Amélia ícone
error: Conteúdo protegido!!
%d bloggers like this: