Vou estar ausente, mas quase presente

Meus leitores mais queridos que tantas alegrias me têm dado!

Sim, falo com vocês!

Eu não sou de me justificar, mas vocês merecem!

São mais que queridos!

Visitam-me, gostam de me ler, respeitam e consideram o meu trabalho.

Escrevem-me a dizer que se identificam com isto ou aquilo que escrevo.

Também me escrevem a dizer que não gostaram da minha opinião sobre este ou outro assunto.

Confidenciam-me assuntos de uma delicadeza incrível e eu, deste lado, sinto que faço tão pouco. Apenas partilho um pouco de mim.

Sinto-me verdadeiramente privilegiada por vos ter desse lado.

É verdade que não tenho consigo chegar ao mundo todo, mas tenho tido uma sorte absurda, porque aos cantinhos que vou chegando, sinto que estou a encontrar a nata da nata que o mundo tem para oferecer!

Ainda não percebi como o fiz, mas devo ter arranjado os leitores/leitoras mais queridos, sempre com uma palavra simpática, mesmo quando discordam comigo, são sempre tão agradáveis e tanto me ensinam.

Acrescentam tanto aos meus dias e digo isto com uma profunda gratidão.

No outro dia recebi um simples: “obrigada pelo texto de ontem” e isso fez o meu dia muito mais feliz.

Porque de uma certa forma, alguém leu e identificou-se exatamente com o que escrevi.

E tudo o que eu escrevo é com o coração na ponta dos dedos, independentemente do tema, porque nem tudo na vida tem que ser vivido com aquela intensidade doentia e feroz que a vida nos obriga.

Mesmo aqueles textos mais leves, até fúteis… eu escrevo sempre de coração.

E sinto que todo o tempo dado ao blogue, é tempo muito útil, é um tempo de investimento, é um tempo que eu sei que se vai converter em carinho, em aprendizagem, em partilha e, inevitavelmente, em amor.

Por isso, vocês têm sido incríveis comigo e eu sou muito grata por isso!

É por vocês aparecerem sem pedirem nada em troca na minha vida, que eu ainda acredito que este mundo tem pessoas maravilhosas com vidas cheias e bons corações. Enquanto vocês tiverem desse lado, ninguém me convence que o mundo é plantado só por más pessoas e malévolas intenções!

Mas, não pensem que isto é uma despedida, porque está mesmo muito longe disso, muito pelo contrário até.

Espero que cada vez mais, aqui o Fabuloso Destino se mantenha forte e cheio de energia para continuar a partilhar mais do meu mundo!

Agora, não me abandonem! 🙂

O texto de hoje era apenas para dizer que a partir de hoje durante aproximadamente um mês (mais coisa menos coisa) vou estar meia ausente, e digo meia porque o blogue vai ter sempre textos quentinhos a sair do forno, mas eu vou estar ausente (por um bom motivo).

Por isso, se não vos conseguir responder em tempo útil a e-mails, comentários ou nas redes sociais é porque não consigo mesmo!

Mas não me abandonem, porque depois responderei a tudo.

E a seu tempo, falarei do motivo desta ausência.

Mas vão passando aqui, porque tenho estado a trabalhar em conteúdos bonitos para vos deixar enquanto estiver fora.

Por volta das 11h todos os dias (úteis) quer chova ou faça sol, cá estarão conteúdos novos!

Obrigada pelo vosso amor e fidelidade!

Vocês são simplesmente, incríveis!

 

 

Créditos da fotografia: Tomo Mogi

 

Já me segues no Facebook e no Instagram? ♥

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Coisas FABULOSAS acontecem a quem subscreve esta newsletter!
Maria Amélia ícone
error: Conteúdo protegido!!
%d bloggers like this: