Doar cabelo

Tenho tido a sorte de ter amigas e amigas de amigas que, por várias razões, decidem doar cabelo para ajudar a fazer cabeleiras postiças a quem passa por doenças que perdem o cabelo, nomeadamente tratamentos de quimioterapia.

E, volta não volta, lá recebo um telefonema ou e-mail com questões sobre este tema.

“Vou cortar cabelo e quero doá-lo para as pessoas que fazem quimioterapia, onde posso doar?”

Primeiro quero salientar que não venho dizer mal seja de que instituição for, mas confesso que fico triste por saber relatos como este que me contaram na semana passada.

Já algum tempo para cá que quando me perguntam sobre doar cabelo que sou perentória em dar um endereço (que falarei à frente) de um site que pertence a uma instituição internacional, porque o estado português não paga cabeleiras e o IPO (Estado) não tem dinheiro para tratar o cabelo e transformá-lo em cabeleiras.

Até aqui, infelizmente parece-me sensato.

Os cortes são muitos e as prioridades outras.

Até aqui parece-me bem.

Conheço o IPO e sei que todas as pessoas que lá trabalham, desde o segurança às direcções de departamentos/especialidade parece que têm todos um chip de boa vontade, são todos simpáticos e acessíveis, claro está que falando de pessoas é difícil assegurar que são todos assim, portanto, troco a palavra todos pelo termo, a maioria.

Um dia destes uma amiga de uma amiga minha dirigiu-se ao IPO, porque tinha tido casos chegados internados lá e fez um daqueles valentes cortes no cabelo cheia de boas intenções. Não quis doar à instituição internacional pelos motivos que falei em cima.

E deparou-se com uma situação ainda que real é bem infeliz.

A senhora que a atendeu deu-lhe a entender que o cabelo não era muito bem-vindo porque não há dinheiro para a concepção das cabeleiras com cabelo verdadeiro, optando por postiças que são mais baratas. Ora bem, até aqui infelizmente temos que aceitar. Não há dinheiro, não se faz magia.

Mas ela continuou a falar e disse ainda que: “todo o mal dessas mulheres fossem o cabelo, isso depois cresce…”

Pronto, então o que eu tenho a dizer a essa senhora é:

  1. Acredito que terá a mesma postura que todas as pessoas que estão envolvidas no IPO, mas que com certeza estava num dia mau. Muito mau.
  2. Também não me parece que a senhora que recebe cabelo, seja a mesma pessoa que avalia o estado psicológico de uma mulher quando perde o cabelo, por isso, não lhe vou dar crédito nessa sua infeliz opinião.
  3. Todos entendemos os cortes, mas em algum momento pensou que essa rapariga cortou 30cm do seu cabelo para ajudar alguém? Custava-lhe ao menos ser simpática e valorizar o acto?
  4. Já alguma vez perdeu o cabelo?

Pronto e posto isto, as informações que dou a todas as amigas que me ligam a pedir informações sobre onde doar o cabelo, eu falo desta organização internacional que oferece cabeleiras a crianças que têm cancro.

Little Princess Trust

Site

Facebook

Morada:

Little Princess Trust Hair Donation
Sheridan House
114-116 Western Road
HOVE
BN3 1DD
(UK)

Vídeo informativo:

 

Notas:

  • O cabelo tem que ter pelo menos 17 cm.
  • Deve ser enviado em trança ou rabo-de-cavalo, preso com 2 elásticos (1 em cada extremidade).
  • O cabelo deve estar em boas condições, limpo e bem seco.
  • Deve te ruma cor natural (castanhos e loiros, evitar madeixas coloridas tipo vermelhos, azuis e por aí).
  • O cabelo deve ser enviado logo após o corte, o mais rápido possível.
  • Enviar dentro de um saco plástico e de um envelope almofadado.
  • Esta organização aceita cabelo de toda a parte do mundo.
  • O cabelo deve ser enviado juntamente com um documento que está disponível no site.
  • Depois receberão um certificado de doação e a certeza que irão fazer uma criança muito feliz.

Só para reforçar, que eu nunca em momento algum ponho em causa o profissionalismo das pessoas que trabalham no IPO, mas todos temos dias maus. Infelizmente já não é a primeira vez que sei histórias deste género, mas há cortes e cortes… e temos que aceitar. Mas também há formas e formas de falar e isso já não temos que aceitar.

Há imensas instituições / organizações que aceitam cabelo, deixo aqui algumas:

Pantene Beautiful Lenghs – é uma parceria entre a Pantene e a American Cancer Society. Oferecem cabeleiras a doentes com cancro nos EUA.

Site

Wigs for Kids – é uma associação americana que doa cabeleiras a crianças.

Site

Children With Hair Loss – é igualmente uma associação americana que doa cabeleiras a crianças.

Site

Espero ter ajudado com estas informações e se por acaso alguém desse lado doar, deixo aqui o meu MUITO OBRIGADA.

Menina

4 Replies to “Doar cabelo”

  1. Há uns tempos atrás a minha sobrinha cortou o cabelo em homemagem à mãe que tinha lutado contra um cancro de mama e também foi corrida mais ou menos assim do IPO… Estas informações são óptimas, pode ser que um dia ainda me dê uma travadinha e dê um valente corte ao cabelo e envie para essa organização.

  2. Acho muito bom as pessoas doarem o seu cabelo, pois agora são eles que precisam, mas um dia poderemos ser nós.
    Beijinhos :*

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Coisas FABULOSAS acontecem a quem subscreve esta newsletter!
Maria Amélia ícone
error: Conteúdo protegido!!
%d bloggers like this: