Deixar ir

Costuma-se dizer que só aprendemos com a dor.

Eu por acaso acho que não.

Acho que aprendemos sobretudo com o amor.

Mas é verdade que há dias em que a vida se lembra de nos ensinar mais um capítulo desta viagem num momento menos bom.

Foi a viver um momento desses que aprendi a deixar ir.

Simplesmente a deixar ir…

Nem todas as pessoas são obrigadas a gostar de nós como gostaríamos que assim fosse.

Nem todas as pessoas dão o peito às balas por nós.

Cada um oferece o que tem e não aquilo que gostaríamos ou precisaríamos.

Cada um oferece aquilo que no momento lhe apetece, pensando sempre mas sempre em si primeiro (mesmo que inconsciente).

Os problemas dos outros, são isso mesmo: problemas dos outros.

E os abraços? São abraços, mas nem todos são porto seguro ou abrigo.

São abraços…

Há que ter a sabedoria de saber deixar ir.

De relativizar o peso das pessoas na nossa vida.

E nunca esquecer que cada um oferece aquilo que tem, aquilo que sabe e pode.

Há também quem não queira.

E não é por isso que são más pessoas.

Temos é que lhes dar o valor que têm e posicioná-las na nossa vida, no devido lugar.

 

 

Mais post’s de #PorqueEuEscolhiSerFeliz aqui ♥.

 

Créditos da fo##tografia: Freestock

2 Replies to “Deixar ir”

  1. Belíssimo poste muito interessante gostei bastante de visita esse blog.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Coisas FABULOSAS acontecem a quem subscreve esta newsletter!
Maria Amélia ícone
error: Conteúdo protegido!!
%d bloggers like this: