A vida tem vida própria

No outro dia um amigo meu ligou-me muito desiludido com a vida.

Desmoralizado.

Achou que o 2015 “empatou-lhe” os sonhos e que o arranque para 2016 não estava a ser como queria.

Então comecei a perguntar-lhe o que tinha corrido bem em 2015.

Afinal eram muito mais coisas do que ele pensava. Estava naquele registo de cobrar dele próprio.

Às vezes quando estamos “embrulhados” em pessimismo nem vemos as coisas boas que nos acontecem.

Depois percebi que os objectivos que se tinha proposto para 2015 eram elevadíssimos!

E para além de serem enormes ainda não tinham margem para deixar a vida actuar.

Porque a vida tem vida própria. Soa estranho, mas é verdade!

Já uma vez tinha falado sobre isto.

A vida é muito mais criativa que nós, e normalmente reserva-nos surpresas bem boas, agora temos é que estar atentos.

E sim, eu sei que nem sempre é fácil.

Acreditem que sei, mas não podemos exagerar.

Mas voltando ao tema…

Então ele tinha escrito tudo numa agenda, tinha objectivos mensais e anuais, passava a vida a olhar para eles. E a ver que eles não saíam do papel.

Eu sei, que até se esforçou, mas às vezes não é a altura certa.

Nem sempre conseguimos!

Acho bem que se estabeleçam metas e objectivos, mas razoavelmente atingíveis.

Senão ficamos doidos!

Objectivos que dependam de nós e do nosso empenho, esforço, dedicação, trabalho e entrega.

Mas há uma regra mágica: não conseguimos controlar tudo!

Não adianta achar que sim.

Não dá!

Uma coisa é sonhar, outra é meter o patamar tão lá em cima que não conseguimos chegar e depois sofremos com a frustração.

Como é que em Fevereiro sabemos se vamos fazer o maior bolo-rei do mundo em Dezembro? Não dá! Imaginem que as frutas cristalizadas são banidas de Portugal? Ou que o açúcar em pó esgota mundialmente nessa altura? Não podemos controlar tudo! Há coisas que não dependem de nós, nem do nosso esforço ou trabalho.

Podemos prever isso, podemos querer fazer, podemos marcar na agenda… mas só mais perto é que agilizamos o plano! Uma coisa de cada vez… step by step!

Não adianta massacrar a cabeça com planos a longo prazo que não dependem só de nós.

E sempre com objectivos fazíveis e deixar margem para a vida actuar.

#PorqueEuEscolhiSerFeliz

6 Replies to “A vida tem vida própria”

  1. Muito obrigado pelo seu texto !
    É que é mesmo isso!

    1. Obrigada pelo seu comentário. 🙂

  2. É mesmo isso. Nem oito, nem oitenta. Há que ter os pés assentes na terra e conseguir sonhar na mesma! A Amélie é que sabeee!

  3. Era mesmo isto que precisava de ler hoje! Obrigada <3

    Às vezes precisamos de " clicks" para nos lembrarmos daquilo que já sabemos mas que nos esquecemos por segundos.

    xi <3

    1. Que bom! ❤️❤️❤️❤️

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Coisas FABULOSAS acontecem a quem subscreve esta newsletter!
Maria Amélia ícone
error: Conteúdo protegido!!
%d bloggers like this: