Ela é uma extensão do Alberto

“…mas mãe é para agir normalmente por favor! Nada de dramas!”

“Claro Júlia…”

“Eu nem queria ir ai jantar, tem sido complicado, mas o Alberto faz questão de ir…”

Há meia dúzia de meses, o Alberto cegou.

Cegou completamente.

Uma doença súbita que levou a uma cirurgia de urgência e o pior veio a acontecer.

Ninguém estava à espera e até hoje, ninguém entende como aconteceu.

Principalmente a Júlia.

Inconformada.

Nunca imaginou viver uma situação destas.

Nunca imaginou ver desabar em menos de nada, todos os sonhos do homem com quem escolheu viver até ao último segundo.

Tudo mudou na vida deles.

Agora passaram de ser dois a ser três.

Sol. É assim que se chama a cadela golden retriever que o acompanha.

É os olhos dele e acima de tudo, a única que não olha para ele com ar de pena.

“Ainda bem filha, fico muito feliz que venham. A cadelita também vem?”

“Mãe, a cadelita chama-se Sol e ela é uma extensão do Alberto. Faz parte dele. Claro que vai. Hoje e  sempre.”

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Coisas FABULOSAS acontecem a quem subscreve esta newsletter!
Maria Amélia ícone
error: Conteúdo protegido!!
%d bloggers like this: