Tim Vieira | Dói, mas faz bem!

Recentemente decidi que tenho de ficar em forma e comecei a correr 5 km todos os dias. A verdade é que dói muito e chego mesmo a pensar que não sei se vou acabar os 5 km, mas depois a razão que me leva a correr pesa muito na decisão final.

Estou a correr para ter uma melhor qualidade de vida, uma vida que se calhar me vai ajudar a durar mais uns aninhos, a brincar com os meus filhos mais tempo, uma vida que um dia me vai permitir passear com os meus netos. E, por isso, decidi que tenho de continuar a correr os 5 km.

Depois de correr geralmente faço 50 push-ups – séries de 20, 20 e 10. Aqui também dói muito e volto a questionar-me: porque faço estes push-ups, se dói muito? Eu corro e faço push-ups não só para viver melhor, mas também para poder comer. Quem me conhece sabe que não resisto a um bom prato de comida.

Quando eu não corro e não faço push-ups sei à partida que não vou poder comer como gosto. Então cada vez que eu corro e faço os meus push-ups de manhã sei que o meu almoço será melhor e maior e o meu jantar também. E são estas pequenas coisas que nos fazem sentir bem e que dão sentido à vida.

Ou seja, sabemos que dói, mas também sabemos que iremos ter recompensa. E a recompensa é aquele pastel de nata que eu posso comer, aquela feijoada que eu adoro e a minha carne de porco à alentejana que eu não resisto sempre que estou no Alentejo, por exemplo.

Então aqui fica a minha sugestão: se não está a doer, corre mais longe, se correres mais longe, vais poder comer mais, vais ter mais anos para brincares com os teus netos e é nisso que tens de te focar. Se as pessoas mais velhinhas e gordinhas passam por mim em excelente forma, então eu também consigo. E tu também vais conseguir!

Encontra aqueles amigos que te vão ajudar a correr mais longe, que não choram pela dor, mas que dizem que são as endorfinas que nos fazem sorrir e ter uma vida mais positiva. Todo este esforço irá refletir-se nas várias esferas da tua vida: negócio e família.

Não duvides! Não arranjes desculpas, corre e faz push-ups, e aproveita a vida ao máximo!

 

Tim Vieira

Siga-me no Facebook e também no Twitter: @TimVieiraShark.

 

Veja também:

Tim’s Viewpoint

One Reply to “Tim Vieira | Dói, mas faz bem!”

  1. Desculpe, mas permita-me que o lembre um facto. Se continuar a comer feijoadas e pasteis de nata e correr 5 km/ dia. Dificilmente vai conseguir brincar com os seus netos !!! Se o seu foco é chegar a avô, comece por pôr as feijoadas de lado e depois encontre o plano de exercício mais adaptado à sua condição física.
    Para chegar onde queremos não tem que doer ! Tem que satisfazer, realizar.
    Se é o nosso objetivo, não doi, incentiva.
    Desculpe, mas é o meu ponto de vista !!
    A vida não é para ser sofrida é para ser vivida

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Coisas FABULOSAS acontecem a quem subscreve esta newsletter!
Maria Amélia ícone
error: Conteúdo protegido!!
%d bloggers like this: