Serei ignorante ou egoísta?

Ultimamente tenho reparado que as desgraças mundiais têm tido um efeito em mim maior do que tinham antigamente.

Talvez agora porque esteja mais ligada ao mundo online leia mais sobre o assunto.

Talvez porque esteja mais sensível que antes.

Talvez porque há sempre uma ou outra história que me tocam particularmente e fico a pensar naquilo muito tempo.

Talvez porque tenho o terrível hábito de ter as notificações activas de algumas plataformas noticiosas nacionais e internacionais.

Talvez porque tenha vivido de perto algumas dessas desgraças mundiais.

Não sei bem porquê, mas sei que fico muito afectada.

E é por isso que decidi proteger-me.

E proteger-me, é escolher a ignorância.

Confesso que não me senti tranquila, pelo contrário.

Senti-me até egoísta.

Como se ao saber das desgraças, contribua alguma coisa para minimizar a dor de alguém.

Como se um #PrayFor aliviasse fosse o que fosse.

Mas a verdade é que me obriguei a isso mesmo.

E nos últimos dias vivi muito ao de leve o que se passou no mundo.

Catalunha.

Las Vegas.

Tenho noção do que se passou.

Tenho noção da dimensão.

Mas, não quis saber muito.

Ou quase nada.

Não conseguiria relatar a história se me pedissem.

Neguei-me a saber mais.

Neguei-me a ver imagens que me ficassem na cabeça.

Neguei-me a saber a história por trás de cada número.

Neguei-me.

Protegi-me.

Mas será que ao escolher ser ignorante não fui egoísta?

 

Créditos da fotografia: Tim Marshall

 

Já me segues no Facebook e no Instagram? ♥

One Reply to “Serei ignorante ou egoísta?”

  1. Em certa medida foste. Todos somos. Nunca nos juntamos em prole dos outros até nos vermos envolvidos em certa medida.
    Mas também foste sábia, em certa medida. Nós acabamos por fazer o mesmo. O sentimento é o mesmo.

Deixe uma resposta

%d bloggers like this: