Publicidade | Se gostássemos todos do mesmo, o que era feito do amarelo? (Montepio Geral)

“Se gostássemos todos do mesmo, o que era feito do amarelo?” é esta a assinatura da nova campanha publicitária do Montepio Geral.

Já sabem que gosto muito de publicidade e não resisto a partilhar aqui o que gosto!

A primeira vez que vi esta campanha, aliás, estou a mentir. A primeira vez que ouvi, porque não estava a olhar para a televisão, fiquei presa ao que estava a ouvir.

“Não somos todos iguais.

Não somos todos jovens, nem somos todos bonitos.

Não vivemos todos em Lisboa, não temos todos casa, não temos todos carro e nem todos sonhamos ter.

Não somos todos doutores nem todos tiramos férias.”

E não fica por aqui, tem muitos mais chavões deste género.

O conceito da campanha é apresentar as diferenças de actuar no mercado bancário da Caixa Económica Montepio Geral face aos demais. Destacando o facto de ser o banco da economia social e o único banco privado de capital 100% português.

A campanha tem como objectivo recordar os actuais e futuros clientes que a Caixa Económica Montepio Geral é uma instituição financeira diferente, sólida, capaz, fiável e preparada para lidar com desafios de futuro e, sobretudo, que merece a confiança de todos, reforçando a reputação tão abalada nos últimos tempos.

O Montepio atravessou nos últimos tempos um processo de transformação, afim de acelerar e solidificar a transparência que querem passar. No entanto, essa transformação foi muito mais além da remodelação da imagem das agências bancárias, da estratégia de comunicação, mudaram também o modelo que trabalham antes junto das agências criativas e agora já não trabalham com o modelo de agência única e optaram por um modelo de agências múltiplas, onde se complementam e partilham especialidades.

Ou seja, se fazem uma campanha onde falam em diversidade e que não há cliente-tipo, também dentro de portas, vivem o mesmo espírito.

O Montepio já nos habituou a ter sempre boas campanhas publicitárias, que nos prendem à televisão, mas nos últimos meses esteve em silêncio.

Dezoito meses depois volta para nos perguntar:

Se gostássemos todos do mesmo, o que era feito do amarelo?

E escolheu a agência O Escritório para tomar conta da criatividade.

Segundo dizem por aí foi um investimento no patamar dos seis dígitos!

A campanha vai estar presente durante três semanas em TV, com uma versão de 30 segundos e duas versões de 20 segundos, mas também em rádio, digital, imprensa e cinema. Para além de activações no terreno em Lisboa e Porto.

Ver aqui:

 

Ficha Técnica:

Campanha: Se gostássemos todos do mesmo, o que era feito do amarelo?

Cliente: Caixa Económica Montepio Geral

Agência Criativa: O Escritório

Estratégia e Plano de Meios: MEC

Realização: Pedro Varela | Story

 

Mais de publicidade:

AQUI

 

Já me segues no Facebook e no Instagram? ♥

GuardarGuardar

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Coisas FABULOSAS acontecem a quem subscreve esta newsletter!
Maria Amélia ícone
error: Conteúdo protegido!!
%d bloggers like this: