I’m feeling | Não fui capaz

No outro dia ao sair do ginásio encontrei o Gonçalo.

Já não o via há tanto tempo.

Está a morar na Irlanda. Adora morar lá.

Falou-me de fanfas coisas.

Vai ficar cá uns tempos por causa de um trabalho.

Mas está desejoso de voltar.

Perguntou-me por ti.

Gelei.

Repetiu o teu nome como se eu não tivesse ouvido.

Eu só não sabia o que responder.

Falei que moravas no Brasil.

Falei no teu trabalho.

E rapidamente mudei o assunto e disse que tinha que ir embora.

Não fui capaz.

Acho que dizer as coisas em voz alta faz com que sejam verdades.

Por isso, talvez não a quis dizer.

Por isso e porque ainda não consigo dizer.

Não pela palavra.

Mas pela palavra na mesma frase que o teu nome.

Ele mandou-te um abraço e disse que um dia haveríamos de nos reencontrar no Lux para recordar os velhos tempos…

Talvez isso não…

Mas eu acredito no reencontro onde ele tiver que ser…

E mais ainda no abraço …

Acredito tanto nisso!

Acredito que no mundo há flores por abrir…

Mesmo que sinta que algo em mim aqui morreu.

Saudades ♥

 

Eu sei por saber.

Que sabes o teu lugar.

Eu sei.

Tu sabes.

 

I’m feelings

 

Créditos da fotografia: Yeshi Kangrang

 

Já me seguem nas redes sociais? ♥

Facebook Instagram Pinterest

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Coisas FABULOSAS acontecem a quem subscreve esta newsletter!
Maria Amélia ícone
%d bloggers like this: