É só a mim que tentam vender droga?

Lisboa está na moda.

Não se consegue andar em Lisboa sem levarmos com um iPad de uma chinesa na cabeça ou uma pisadela de um russo.

Os restaurantes estão cheios e há tuk-tuks por todo o lado!

E eu até compreendo, Lisboa é uma cidade do caraças, com preços muito simpáticos, por isso, faz todo o sentido que meio mundo queira vir comer um pastel de Belém e passear no Chiado!

Mas… é preciso estar preparado para este turismo em massa.

E aí já tenho algumas dúvidas que estejamos.

Venham… venham… e depois logo se vê porque os portugueses são Reis na arte do desenrascar.

Eu que gosto de cidades organizadas fico um pouco arrepiada com algumas coisas que assisto de perto em Lisboa.

Uma delas é o assédio a turistas e a pessoas no geral para comprar droga!

Acho surreal que todos os dias, mas todos os dias, a todas as horas andem a vender droga como se fosse um souvenir.

Sinto vergonha alheia e baixo a cabeça, sempre que cada turista é abordado:
“Haxixe, haxixe…”

E mostram o que têm na mão para vender.

Sinto uma vergonha do caraças!

A minha indignação ainda fica maior quando a última vez que vi isto (há dois dias) a polícia estava a 10 metros deste grupo.

Este grupo é sempre o mesmo!

Se já eu os conheço, quanto mais a polícia.

E eu pergunto:

Estão à espera de que?!?!

Que se fale nisso em blogs de viagens internacionais!!?!

Tarde demais!

Já se fala!

Ganhem vergonha na cara, não queiram armar- se ao pingarelho, percam o medo e avancem com penas exemplares e varram as ruas deste tipo de merdas!

Fico tão irritada sempre que passo na Rua Augusta ou no Rossio e lá vêm eles com a conversa do haxixe que já evito passar por lá!

 

Créditos da fotografia: Pixpoetry

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Coisas FABULOSAS acontecem a quem subscreve esta newsletter!
Maria Amélia ícone
error: Conteúdo protegido!!
%d bloggers like this: