Dezembro | Demora-te

Dezembro, demora-te.

É isso mesmo.

Demora-te em cada dia.

Em cada hora que teima passar num ápice.

Demora-te no Jingle Bells e nas filhoses.

No bolo rei e no tronco de Natal.

Nos embrulhos e nos laços coloridos.

Demora-te na melhor altura do ano.

Deixa as luzes encantarem sem terem que se apagar.

Não deixes o Pai Natal ir embora.

Nem nos mandes desmanchar a árvore.

E arrumar as renas nas caixas.

Demora-te por favor.

Esta energia positiva faz-nos falta.

Esta época que traz com ela amor tem sido escassa.

Não te peço mais, senão que te demores.

Demora-te Dezembro.

 

Créditos da fotografia: Freestocks

Já me segues no Facebook e no Instagram? ♥

Deixe uma resposta

%d bloggers like this: