Afinal era mesmo um dia fora do normal

Era um dia fora do normal.

Não que essa definição seja bom ou mau.

Era chato. Um dia chato.

Um dia entre burocracias de papéis.

Resolver questões aqui, levantar papelada ali, tirar a senha 146 e ir no 79…

Enfim era um dia assim.

Chato. Muito chato.

E de repente há sempre alguém dotado de nos trazer cor.

Cor não. Luz. Daquela que transforma.

E foi assim que aconteceu.

Afinal era mesmo um dia fora do normal.

Eu é que nem sonhava que um dia de preocupações iria se transformar num dia que não esquecerei.

Há pessoas que têm a capacidade de transformar os nossos dias.

E dias que transformam a nossa vida.

 

 

Créditos das fotografias: Kyaw Tun

2 Replies to “Afinal era mesmo um dia fora do normal”

  1. ❤️

Deixe uma resposta

%d bloggers like this: